Notícias

Voltar para Notícias
22/01/2021

HST assina convênio para obra de ampliação

“Gratidão, essa é a palavra a todos aqueles que contribuíram para tornar esse sonho, um projeto, e este projeto uma realidade”. Sem conter a emoção, essa foi a frase dita pelo presidente do Hospital Santa Teresinha Pedro Michels Neto, durante o seu discurso na solenidade de assinatura de convênio com a prefeitura de Braço do Norte, que garantiu R$ 2 milhões para a obra de ampliação do Hospital Santa Teresinha. 

A solenidade ocorreu na manhã desta quinta-feira, 21, no auditório do Sicoob de Braço do Norte e contou com a presença de autoridades, entre elas o prefeito Beto Kuerten Marcelino e o deputado federal, Ricardo Guidi, além de outros prefeitos da região. O evento contou também com a presença do vice-presidente do HST, Jairo Boeing Fernandes, do primeiro tesoureiro Lauro Rita da Silva, do conselheiro Marcos Lima Michels e dos diretores, geral, Vitor Abitante e, técnico, José Nazareno Goulart Junior. “Esta é a principal obra de saúde pública da região e é hora de unirmos forças para sua realização. Um projeto que irá beneficiar não só Braço do Norte, mas toda região. Essa união nos faz vivenciar momentos como este, que marcam a história”, destacou o prefeito Beto Kuerten.

O projeto de ampliação do Hospital Santa Teresinha teve o ex-presidente, Camilo Alberton (em memória) como idealizador. A assinatura do convênio na manhã de ontem, foi acompanhada pelos seus filhos, Marcelo e Schirley. “Temos muito há agradecer a esta diretoria que, voluntariamente, exerce com dedicação o trabalho de transformar a saúde das pessoas”, completou o diretor geral Vitor Abitante.

A solenidade encerrou com o comprometimento do prefeito municipal em mais R$1 milhão para a obra. “Sei que esta diretoria só irá iniciará a obra quando todo o recurso estiver disponível, e sabemos que o restante do valor, será pleiteado junto aos associados da Cerbranorte na sua assembleia. Mas quero aqui me comprometer com a importância imediata com a saúde e disponibilizar mais este montante, com a certeza de que outros municípios da região irão se juntar a nós e contribuir”, encerrou.

Atualmente o Hospital Santa Teresinha possui cerca de R$5 milhões para a ampliação de sua unidade e implantação dos leitos de UTI, com o comprometimento da administração municipal em mais R$1 milhão, restam ainda R$3,2 milhões para atingir o montante de pouco mais de R$9 milhões, orçado para a realização da obra.

Ampliação  

O projeto ampliação do Hospital Santa Teresinha prevê a construção de uma nova unidade com 5,3 mil metros quadrados ao lado da estrutura atual e irá contemplar um novo Centro de Diagnóstico de Imagem (CDI), Ambulatório de Especialidades, leitos UTI, Agência Transfusional e leitos de internação.

A estrutura conta com três andares, tendo capacidade para 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva, inicialmente o hospital irá habilitar 10 desses leitos. “Com a obra o HST passará de baixa e média, para média e alta complexidade”, explica o presidente Pedro Michels Neto.

A obra prevê ainda a instalação de uma Agência Transfusional, responsável pelo armazenamento de sangue. Pacientes em atendimento de emergência que necessitam de transfusão sangue, hoje, chegam a esperar até seis horas, uma diferença crucial para salvar a vida durante um atendimento.

O prazo de ampliação do Hospital Santa Teresinha é estimado em 18 meses.