Notícias

Voltar para Notícias
03/12/2020

Pronto Socorro Covid-19 do HST ultrapassa 6 mil atendimentos

Pronto Socorro Covid-19 do HST ultrapassa 6 mil atendimentos

De março deste ano, até 30 de novembro, o Hospital Santa Teresinha já atendeu 6.465 pacientes no seu Pronto Socorro Covid-19. O maior pico registrado pela unidade de saúde ocorreu agora no mês de novembro, que encerrou nesta segunda-feira com 1.572 atendimentos. “Estamos em alerta máximo devido à grande demanda registrada neste mês. A região está em risco gravíssimo e os leitos de UTI de todo Estado estão ocupados”, explica o diretor técnico do HST, Dr. José Nazareno Goulart Junior.

O número de atendimentos quase triplicou comparado ao mês de outubro. “O Covid-19 não acabou e os cuidados devem ser mantidos e redobrados nesse momento. O Hospital Santa Teresinha mantém todos os protocolos de atendimento em pleno funcionamento desde março, com atenção redobrado dos profissionais da saúde”, explica o diretor geral, Vitor Abitante.

O setor COVID tem acesso pela lateral do HST (corredor esquerdo), mantendo o atendimento pela recepção de urgência e emergência separadamente, evitando o contato de pacientes com sintomas respiratórios dos demais que utilizam o serviço da unidade de saúde. Além disso, mantém um médico 24 horas, para atendimentos dos pacientes da ALA COVID-19.

Após o acolhimento, pacientes com sintomas confirmados e suspeitos são encaminhados para o isolamento com segurança, sem acesso as outras unidades do hospital. No setor COVID, o HST oferece ainda sala de tratamento semi intensivo, para aqueles com necessidade de respiradores.

O atendimento no Centro de Diagnóstico por Imagem, Ambulatório de Especialidades e cirurgias permanecem com atendimento normal, sempre respeitando as determinações de segurança dos decretos municipais, estaduais e federal, além das determinações do Ministério da Saúde. 

A região do Vale, formada pelos municípios de Braço do Norte, Grão Pará, São Ludgero, Rio Fortuna e Santa Rosa de Lima, até a data de hoje, registrou 31 mortes. Braço do Norte já tem aproximadamente 3 mil casos confirmados e 24 óbitos registrados. Aproximadamente 30% dos pacientes atendidos pelo HST estão na faixa entre 21 e 30 anos.   

Sintomas

Em caso de sintomas leves como: dor de garganta, tosse seca, dor de cabeça, cansaço e perda do paladar e olfato a recomendação é que os pacientes procurem o centro de triagem do Município, localizado no bairro São Francisco.

Sintomas mais graves, como febre, dificuldade de respirar, dor no peito e cansaço extremo devem imediatamente procurar o pronto atendimento do Hospital Santa Teresinha. “Com o diagnóstico precoce e a utilização dos medicamentos do protocolo a maioria dos casos está sendo tratado com sucesso”, completa o diretor técnico do HST, Dr. José Nazareno Goulart Junior.

 

🏥Hospital Santa Teresinha 🏥

Rua Jacob Batista Uliano, 1370.

Centro - Braço do Norte/SC

  • 3658.9400
  • CDI - 3658.9440
  • Ambulatório - 3658.9444