Notícias

Voltar para Notícias
19/11/2019

HST comemora sucesso em mais um mutirão de cirurgias

Humanizar: ato de tornar algo humano, benévolo, solidário. Essa tem sido a principal bandeira do Hospital Santa Teresinha, oferecer um atendimento diferenciado a cada pessoa e paciente que procura a instituição. Este também, foi o pilar para a realização de mais um Mutirão de Cirurgias de Catarata do HST.

Nesta quarta edição, mais de 500 procedimentos foram realizados em pacientes de 18 municípios, um acolhimento de mais de 1200 pessoas em três dias de cirurgias. A catarata é a doença responsável pela cegueira da maior parte da população do planeta e atinge grande parte das pessoas na terceira idade. “Receber esses idosos em nosso hospital é uma responsabilidade, são pacientes mais debilitados, chegam cedo na unidade de saúde e algumas vezes passam o dia aguardando. Transformar esse dia em um momento agradável, em um ambiente saudável e feliz é uma tarefa muito importante. São experiências como esta que nos colocam em avaliação e que nos fazem exercermos nossa humanização de um jeito mais direto”, salienta a gerente administrativa, Helena Henriques Ramos.

Até o momento foram mais de 2500 procedimentos realizados em quatro edições, aproximadamente 5 mil pessoas envolvidas direta ou indiretamente. “O saldo é sempre positivo, uma experiencia única de enriquecimento profissional e pessoal. Passamos por cima do cansaço e nos divertimos trabalhando, o que vale muito. Recebemos tanto carinho, abraços sinceros, que criamos laços e encontramos novos amigos que ficarão para sempre no coração”, destaca a gerente de saúde, Maiara Wessling Ghizoni.

Dona Erna Heinzen, de 89 anos, de São Martinho, foi umas das pacientes do 4º Mutirão de Cirurgias do HST, ao voltar para o retorno pós-cirúrgico, recebeu de uma das colaboradoras do HST um botão de rosa que simbolizou o brotar de uma nova fase na vida de dona Erna e de todos os pacientes que agora voltam a enxergar. “Fui muito bem recebida, só tenho a agradecer a todos do hospital por esse atendimento maravilhoso”, completou.

A diretoria do HST acompanha a organização e realização de todas as ações desenvolvidas pela instituição. “Esta diretoria tem lutado fortemente para oferecer aos nossos colaboradores condições e suporte para realização de ações que incentivem a prática da humanização. Todo esse processo tem rendido frutos que nos deixam muito agradecidos. O trabalho de toda equipe do HST, juntamente com os membros desta diretoria, tem mostrado que podemos fazer um novo hospital, onde as pessoas estão em primeiro lugar”, completa o presidente do HST, o advogado Pedro Michels Neto.

Participaram do mutirão os municípios de Armazém, Braço do Norte, Capivari de Baixo, Grão Pará, Gravatal, Imaruí, Imbituba, Jaguaruna, Laguna, Pedras Grandes, Pescaria Brava, Rio Fortuna, Sangão, Santa Rosa de Lima, São Ludgero, São Martinho, Urussanga e Tubarão. Os pacientes voltam em 1º de dezembro para um último retorno.